Bem-vindo, presidente!  
(2015-2016), impressão a jato de tinta sobre papel haini, 500x200cm.  
Instalação baseada na catalogação de anúncios de empresas da década de 60, 70 e 80, publicados no jornal A Gazeta, em circulação na cidade de Vitória, no Espírito Santo. 
As datas utilizadas para catalogação do jornal foram baseadas na visita dos presidentes militares em terras capixabas para a inauguração dos chamados “Grandes Projetos” (Porto de Tubarão, Samarco Mineração, Aracruz Celulose, Companhia Siderúrgica de Tubarão, entre outras) voltados para exportação de commodities no estado.
Os anúncios foram impressos utilizando impressora a jato de tinta em papel haini.  O trabalho aborda o discurso modernizante no Brasil ao longo do regime militar e suas alianças de poder na imprensa.
As impressões são afixadas na parede do espaço expositivo apenas nas pontas superiores, deixando o trabalho com leveza, transparência e se movimentando pela ação das correntes de vento do espaço expositivo. Os anúncios publicados no jornal foram catalogados a partir do material disponível no Arquivo Público do Estado, em microfilme, e que, a pedido do artista, foram digitalizados. 
Enquanto proposta artística, a catalogação busca apontar a relação entre militares e iniciativa privada, apresenta o jornal como espaço público de discussão e braço ideológico do regime.